terça-feira, 12 de abril de 2011

A Primeira Grande Guerra

   
COMPLEMENTAR:XIV. A PRIMEIRA GRANDE GUERRA
BELLE ÉPOQUE – Começou na França, mais ou menos em 1880, e se estendeu até a  Primeira Guerra Mundial, em 1914. No Brasil, tem início em 1889, com a Proclamação da República, e vai até 1922, com o Movimento Modernista e a Semana da Arte Moderna em São Paulo.  Esta é até hoje relembrada como uma época de florescimento do belo, de transformações, avanços e paz. Surgem novas descobertas e tecnologias como o  como o telefone, o telégrafo sem fio, o cinema, a bicicleta, o automóvel, o avião, entre outras invenções, e o cenário cultural fervilha com o aparecimento dos cabarés, do cancan, do cinema. Paris se torna o centro cultural mundial, com seus cafés-concertos, balés, operetas, livrarias, teatros, boulevards e a alta costura inspirando e influenciando várias regiões do Planeta. Este período testemunhou a escalada do socialismo. Mesmo com esta tensão no ar, o contexto desta época é lembrado como a era dourada, subitamente abalada pelo início da 1ª Guerra Mundial.
1ª GRANDE GUERRA MUNDIAL(1914-1918)
Antecedentes – Descontentamento com a partilha da Ásia e da África. ( Alemanha e Itália ficaram fora do processo neocolonial, enquanto França e Inglaterra exploravam diversas colônias, ricas em matérias-primas e com um grande mercado consumidor). A insatisfação da Itália e da Alemanha, é uma das causas da Grande Guerra, porque no início do século XX havia uma forte concorrência comercial entre os países europeus, na disputa pelos mercados consumidores.  
--Corrida armamentista para se protegerem, ou atacarem. Esta corrida bélica gerava  apreensão e medo, onde um tentava se armar mais do que o outro.
-- Rivalidade entre as duas nações poderosas da época (Inglaterra e França). A França havia perdido a região da Alsácia-Lorena para a Alemanha, durante a Guerra Franco Prussiana. O revanchismo francês esperava para retomar a rica região perdida.
-- O pan-germanismo e o pan-eslavismo. Existia uma forte vontade nacionalista dos germânicos em unir, em apenas uma nação, todos os países de origem germânica. O mesmo acontecia com os países eslavos.
O início da Grande Guerra- O estopim foi o assassinato de Francisco Ferdinando, príncipe do império austro-húngaro, durante sua visita a Saravejo (Bósnia-Herzegovina). As investigações levaram ao criminoso, um jovem sérvio, integrante do grupo mão-negra, contrário a influência da Áustria-Hungria nos Bálcãs. O império austro-húngaro não aceitou as medidas tomadas pela Sérvia com relação ao crime e, em 28 de julho de 1914, declarou guerra à Servia.
Política de Alianças- Os países europeus fizeram alianças políticas e militares:  Tríplice Aliança (Itália, Império Austro-Húngaro e Alemanha) e Tríplice Entente, (França, Rússia e Reino Unido). O Brasil participou do lado da Entente, enviando para os campos de batalha enfermeiros e medicamentos.
As batalhas desenvolveram-se principalmente em trincheiras. Os soldados ficavam, muitas vezes, centenas de dias entrincheirados, lutando pela conquista de pequenos pedaços de território. A fome e as doenças também eram os inimigos destes guerreiros. No fim da 1ª guerra, foram utilizados novas tecnologias bélicas (tanques de guerra e aviões). Enquanto os homens lutavam nas trincheiras, as mulheres 
  trabalhavam nas indústrias bélicas como empregadas.
Fim do conflito-Só em 1917 os EUA entraram no conflito ao lado da  Entente, pois havia acordos comerciais a defender com Inglaterra e França (os EUA vendiam armas e outros produtos, se eles perdessem os EUA teriam prejuízos). A entrada dos EUA  marcou a vitória da Entente, forçando os países da Aliança a assinarem a rendição. Os derrotados  assinaram o Tratado de Versalhes que impunha restrições e punições. A Alemanha teve o exército reduzido, a indústria bélica controlada,  perdeu a região do corredor polonês, teve que devolver à França a região da Alsácia Lorena e teve que pagar os prejuízos da guerra dos países vencedores. O Tratado de Versalhes  influenciou a Segunda Guerra Mundial.A guerra gerou aproximadamente 10 milhões de mortos, o triplo de feridos, arrasou campos agrícolas, destruiu indústrias, além de gerar grandes prejuízos econômicos. – Depois da Guerra foi criada a Liga das Nações, com o objetivo de garantir a paz mundial. Conseqüências para o Brasil: fortalecimento e desenvolvimento da indústria.
Crise de 29 - Durante a 1ª Guerra Mundial, a economia norte-americana estava em pleno desenvolvimento (os EUA se tornaram o país mais rico do mundo) suas indústrias produziam e exportavam em grandes quantidades, principalmente, para os países europeus em guerra. Após a guerra o quadro não mudou, pois os países europeus estavam  reconstruindo suas indústrias e cidades e mantiveram suas importações. A situação começou a mudou em 1930. Reconstruídas, as nações européias diminuíram drasticamente a importação de produtos dos EUA. Com a diminuição das exportações, as indústrias norte-americanas aumentaram seus estoques. Grande parte destas empresas possuía ações na Bolsa de Valores de NovaYork e milhões de norteamericanos tinham investimentos nestas ações. Em outubro de 1929, percebendo a desvalorizando das ações, houve uma correria de investidores que pretendiam vender suas ações. O efeito foi devastador, pois as ações se desvalorizaram fortemente. Em poucos dias pessoas muito ricas ficaram pobres. O número de falências foi enorme e o desemprego atingiu  30% dos trabalhadores. A crise, também conhecida como “A Grande Depressão”, foi a maior da história dos EUA. Diversos países  mantinham relações comerciais com os EUA, e a crise se espalhou por quase todos os continentes. Os EUA eram o maior comprador do café brasileiro e com a crise a importação diminuiu e o preço do café caiu. Para que não houvesse uma desvalorização excessiva, o governo comprou e queimou toneladas de café para diminuir a oferta e conseguir manter o preço. Este fato trouxe algo positivo para a economia brasileira. Com a crise do café, muitos cafeicultores  investiram na industrialização, alavancando a indústria brasileira. A solução para a crise surgiu em 1933. No governo de Roosevelt, com o plano  New Deal ( um plano econômico que controlava os preços e a produção das indústrias e das fazendas). Com isto, o governo conseguiu controlar a inflação e evitar a formação de estoques. Fez parte do plano também o investimento em obras públicas (estradas, aeroportos, ferrovias, energia elétrica etc), conseguindo diminuir o desemprego. O programa foi tão bem sucedido que no começo da década de 1940 a economia norte-americana já estava funcionando normalmente.

  
COMPLEMENTAR:XIV. A PRIMEIRA GRANDE GUERRA.
SOBRE A BELLE ÉPOCA COLOQUE V OU F:

(   ) Começou na França, mais ou menos em 1880, e se estendeu até a  Primeira Guerra Mundial, em 1914.
(   ) No Brasil, tem início em 1889, com a Proclamação da República, e vai até 1922, com o Movimento Modernista e a Semana da Arte Moderna em São Paulo.  (   ) Foi a época de florescimento do belo, de transformações, avanços e paz.
(   ) Surgiram novas descobertas e tecnologias como o  como o telefone, o telégrafo sem fio, o cinema, a bicicleta, o automóvel, o avião, etc.
(   ) O cenário cultural fervilha era o centro das atenções  com o aparecimento dos cabarés, do cancan, do cinema.
(   ) Paris se tornou o centro cultural mundial, com seus cafés-concertos, balés, operetas, livrarias, teatros, boulevards (avenidas) e a alta costura.
(   ) Por causa do clima de paz, e liberdade esse período testemunhou a escalada do socialismo.
(   ) Essa era dourada só foi abalada pelo início da 1ª Guerra Mundial.
COMPLEMENTAR:XIV. A Primeira Grande Guerra.
1- Sobre a 1ª guerra responda   rápido:
a- Quando:
b- Onde:
c- O que queria:
d- Estopim:
e- Marcou seu fim:
3- Sobre a 1ª Guerra marque V ou F
(   ) Os países se enfrentaram na 1ª guerra porque disputavam o mesmo mercado consumidor e território fornecedor de matéria prima.
(   ) O que marcou o início da 1ª guerra foi o assassinato de Francisco Ferdinando, príncipe do império austro-húngaro.
(   ) Os países europeus se uniram em alianças  políticas militares para se fortalecerem para um possível confronto.
(   ) Fizeram parte da Tríplice Aliança (Itália, Império Austro-Húngaro e Alemanha)
(   ) Fizeram parte da Tríplice Entente, (França, Rússia e Reino Unido).
(   ) O Brasil participou do lado da Entente, enviando para os campos de batalha enfermeiros e medicamentos.
(   ) A 1º guerra foi chamada de guerra de trincheiras.
(   ) No fim da 1ª guerra, foram utilizados tanques de guerra e aviões como armas de guerra.
(   ) Enquanto os homens lutavam nas trincheiras, as mulheres trabalhavam nas indústrias bélicas.
(   ) Os EUA adotaram atitude isolacionista e só em 1917 entraram no conflito ao lado da  Entente, pois havia acordos comerciais a defender com Inglaterra e França (os EUA vendiam armas e outros produtos, se eles perdessem os EUA teriam prejuízos).
(   ) A entrada dos EUA  marcou a vitória da Entente, forçando os países da Aliança a assinarem a rendição.
(   ) O Tratado de Versalhes impunha restrições e punições aos perdedores da guerra, a  Alemanha teve o exército reduzido, a indústria bélica controlada,  perdeu a região do corredor polonês, teve que devolver à França a região da Alsácia Lorena e teve que pagar os prejuízos da guerra dos países vencedores.
(   ) O revanchismo alemão contra o Tratado de Versalhes  influenciou a Segunda Guerra Mundial

2- O que foi:
a- O pangermanismo-;
b- A guerra de trincheiras-;
c- O tratado de Versalhes;
d- A corrida bélica;
e- A Entente->
f- A tríplice Aliança
4-- Numere (1) para as causa e (2) para as conseqüências da 1ª guerra:
 (   ) Alemanha e Itália fora do processo neocolonial
(   ) Assinatura do tratado de Versalhes e rendição.
(   ) Corrida armamentista para se protegerem, ou atacar.
(   ) Vitória da Entente,
 (   ) EUA como o país mais rico do mundo.
(   ) Forte concorrência comercial entre os países europeus, na disputa pelos   mercados consumidores. 
(   ) A Alemanha com exército reduzido, a indústria bélica controlada
(   ) A guerra gerou aproximadamente 10 milhões de mortos, o triplo de feridos, arrasou campos agrícolas, destruiu indústrias, além de gerar grandes   prejuízos econômicos.
(   ) O pan-germanismo e o pan-eslavismo. Vontade nacionalista  em unir, em uma nação, todos os países da mesma origem.
 (   ) Criação da Liga das Nações, com o objetivo de garantir a paz mundial.
(   ) Fortalecimento e desenvolvimento da indústria brasileira
(   ) Descontentamento da Alemanha e da Itália com a partilha da Ásia e da África.

4 comentários:

  1. SOU PROFESSORA DE GEOG/HISTÓRIA. AMEI.MUITO BOM.VOCÊ PODE ME PASSAR O GABARITO.VOU TRABALHAR COM MEUS ALUNOS.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cláudia!
    Gostei muito das tuas indicações de atividades e gostaria de utilizá-las com meus alunos!!
    Tentei salvar e criar doc do word mas não salva igual. Poderia me enviar por email a atividade da primeira guerra mundial e o gabarito?
    jupoars@yahoo.com.br
    Obrigada

    ResponderExcluir
  3. amei
    gostaria de ter o gabarito para me aprofundar mais nos estudos
    poderia me enviar laila.mel.santos@gmail.com

    ResponderExcluir