sábado, 19 de novembro de 2011

TÓPICO 18. CIDADES SUSTENTÁVEIS 2



Protocolo de Kyoto-- É um acordo internacional para a redução da emissão dos poluentes que aumentam o efeito estufa no planeta. Entrou em vigor em 2005. O objetivo é que ocorra a diminuição da temperatura global nos próximos anos. Os Estados Unidos, país que mais emite poluentes no mundo, não aceitou o acordo, pois afirmou que ele prejudicaria o desenvolvimento industrial do país.
 Objetivos e Informações 
No documento, há um cronograma em que os países são obrigados a reduzir, em 5,2%, a emissão de gases poluentes, entre os anos de 2008 e 2012 (primeira fase do acordo). Os gases citados no acordo são: dióxido de carbono, gás metano, óxido nitroso, hidrocarbonetos fluorados, hidrocarbonetos perfluorados e hexafluoreto de enxofre.
 Os países devem colaborar entre si para atingirem as metas tendo ações como:
- aumento no uso de fontes de energias limpas (biocombustíveisenergia eólicabiomassa e solar);
- proteção de florestas e outras áreas verdes;
- otimização de sistemas de energia e transporte, visando o consumo racional;
- diminuição das emissões de metano, presentes em sistemas de depósito de lixo orgânico.
- definição de regras para a emissão dos créditos de carbono (certificados emitidos quando há a redução da emissão de gases poluentes).
1-     O que é protocolo de Kyoto
2-     Qual o objetivo do acordo de Kyoto?
3-     Que país mais emite poluentes na atmosfera?
4-     Por que EUA não aceitou o protocolo de Kyoto?
5-     Que gases aumentam a temperatura do planeta?
6-     Quais são os dois principais gases que aumentam a temperatura do planeta?
7-     Quais são as fontes de energia limpa?
8-     O que são créditos de Carbono?
9-     Quais são as ações do protocolo de Kyoto para conseguir seu objetivo?
10-  Onde se produz o gaz metano?

  Leia o texto e responda:
O relatório Panorama Ambiental Global, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), analisa as principais mudanças nas condições da água, do ar, da terra e da biodiversidade do planeta desde 1987 e identifica prioridades de ação.
Entre os problemas identificados estão a degradação de áreas agrícolas, o desmatamento, a redução das fontes de água potável disponíveis e a pesca excessiva.
Segundo o documento, desde a divulgação do Relatório Brundtland, as condições do meio ambiente no mundo pioraram, pressionadas pelo crescimento populacional e pela falta de empenho das autoridades em resolver  as questões.
O documento alerta que, até 2025, o uso da água terá aumentado 50% em países em desenvolvimento, e que essa pressão pode se tornar intolerável em locais com escassez do recurso.
A pesca nos ritmos atuais também é insustentável, de acordo com o Pnuma. O relatório diz que atualmente se pesca 250 vezes mais do que seria possível para manter  estoques pesqueiros sustentáveis no oceano.
Ele destaca, por exemplo, que a taxa de desmatamento da Amazônia diminuiu, que a qualidade do ar melhorou na Europa Ocidental e que alguns acordos ambientais importantes foram fechados desde 1987, como o que criou o Protocolo de Kyoto.
1)O que é o Pnuma?
2)Qual a função do Pnuma?
3)Quais são os principais problemas ambientais encontrados pelo Pnuma?
4) Que fatores levaram á piora das condições do meio ambiente no mundo ?
5) O que diz o Pnuma em relação ao aumento do uso da água?
6) Que condições favoráveis ,sobre o meio ambiente,o Pnuma destaca nesse texto.
Diante dos seus conhecimentos responda...
1)O que são recursos renováveis e não renováveis?
2)Cite duas fontes renováveis de energia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário