Baixe qualquer arquivo do Blog em doc Word

Atividades de outros conteúdos... http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.br/
Se você não conseguir uma boa visualização envie-me email que ficarei feliz em compartilhar. profclaugeo@yahoo.com.br Abraço.
Escolha o arquivo na barrinha ao lado, clique em slideshare, você vai ser direcionado para outra pagina, logo acima clique em save(um setinha apontando para baixo)Pronto.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Avaliação de História 1º ano EM

Avaliação De Estudos Autônomos
- Disciplina:                                                                        Série ou ano-         
- Escola:_______________________________________________
- Aluno:_______________________________________________
- Prof:_________________________________________________


Pereira Passos, o prefeito demolidor[1].
O engenheiro Francisco Pereira Passos se tornou prefeito do R J em 1903, nomeado pelo Presidente Rodrigues Alves. A cidade era chama de pocilga e pútrida, por conta do crescimento desordenado da população, das constantes epidemias de febre amarela e a falta de higiene que cercava tanto os numerosos cortiços como as tortuosas ruas centrais da cidade. O governo classificou como prioridades o melhoramento do porto, a implantação de campanhas higienistas lideradas por Osvaldo Cruz e a reurbanização do centro do Rio.Pereira Passos ,então ordenou uma campanha de demolição sem precedentes, que, em nove meses, botou abaixo 614 prédios, de cortiços habitados pelas camadas mais pobres da sociedade a igrejas de valor arquitetônico inestimável. (...) Apesar de muitas dessas medidas serem necessárias ao saneamento da cidade, o autoritarismo do prefeito provocou um grande descontentamento popular.
1-As ações autoritárias do governo republicano para resolver os problemas de saúde pública e de consolidação do processo civilizatório já empreendidos desde os tempos do Império e as  campanhas higienistas lideradas por Osvaldo Cruz deram início também no Rio de Janeiro a:
(a)Revolta da Vacina                                              (b)Revolução do Porto                                                           (c )Revolta da Marinha                                           (d)Revolta dos farrapos.
 (...)Quando a influência do movimento de Antônio Conselheiro atingia seu auge, o Brasil havia proclamado a República. Conselheiro, tradicionalista como era, recusou-se a aceitar o novo regime, alegando ser a República um instrumento do anti-Cristo, uma ordem estabelecida por Satanás, que teve a audácia de separar a Igreja do Estado, além de instituir o casamento civil, usurpando da Igreja o poder oficial e exclusivo de celebrar matrimônios. No dia 05 de outubro de 1897, após um ano de incensáveis lutas e uma feroz, o arraial chamado Belmonte, fundado por Antônio Conselheiro, no Nordeste da Bahia, foi arrasado.                                                                                                                                                               
2-Em oposição ao caráter laico e cientificista da República, vários movimentos ocorreram nesse período, de norte a sul do país. Citamos como exemplo a guerra dos Canudos e o Contestado.Esses movimentos foram chamados de:                                                                                                                                                                                 (a) Movimentos messiânicos                                            (b) Movimentos dos trabalhadores                                                             (c ) Movimentos satânicos                                                (d) Movimentos do libertadores.
Marinheiros e a Revolta da Chibata João Bonturi - Especial para a Folha de S.Paulo
Em 22/11/1910, o R.J amanheceu sob a ameaça dos encouraçados São Paulo e Minas Gerais, pertencentes à Marinha brasileira.Os marinheiros revoltaram-se, assassinaram o comandante e prenderam os oficiais. Para surpresa geral, eles não pretendiam derrubar o governo. "Não queremos a volta da chibata. Isso pedimos ao presidente da República e ao ministro da Marinha. Queremos a resposta já e já. Caso não a tenhamos, bombardearemos as cidades e os navios que não se revoltarem."A situação chegou a esse ponto porque os marinheiros eram quase todos negros ou mulatos, comandados por uma oficialidade branca; o uso de castigos físicos era semelhante aos maus-tratos da escravidão, abolida em 1888. A Marinha atacou os revoltosos com dois navios menores. Além de revidar, os marinheiros bombardearam a ilha das Cobras, exigiram o aumento dos ordenados e a diminuição das horas de trabalho.O governo cedeu, mas, para não evidenciar a derrota, exigiu uma declaração de arrependimento dos revoltosos.
3-A principal exigência dessa revolta era:
(a)O fim dos maus tratos                        (b)O fim do governo autoritário                                                            ( c) O fim de ordenados baixos.               (d)O fim da ilha das Cobras.
(...) Os operários, sem conforto e mal-alimentados, trabalham em lugares onde o ar é irrespirável devido ao pó do algodão, para ganharem 350 réis por hora os solteiros e os casados $750 e no fim de semana terem de limpar os porões das máquinas. Que coisa horrível! Debaixo das máquinas tragando pó e vomitando lama, tendo por escárnio um litro de pinga dado pelo patrão! É raro o operário que não fica tuberculoso, sem meios de tratar-se porque o salário não dá para o sustento. In: POLY. A vida das fábricas. A Peble. 8 de abril de 1933.
4- O trecho acima retrata mais fielmente que período do história?
(a) Primeira Revolução Industrial            (b) Segunda Revolução Industrial
(c ) Terceira Revolução Industrial           (d) Todos os períodos da Revolução Industrial
Trabalhadores!Agora que os vossos companheiros abrem resolutamente o caminho das reivindicações, imitai o forte exemplo, procurai melhorar a vossa situação – menos horas de fadiga, mais descanso, isto é, menos necessidade de álcool para chicotear os nervos num trabalho brutal, mais alegria no lar, mais pão para a boca, mais instrução para vós, mais bem-estar e educação para os filhos! (...)Trabalhadores!A união dá a confiança mútua e a coragem: associai-vos e agi!Viva a solidariedade operária!São Paulo, 24 de maio de 1907.A Terra Livre. São Paulo, 25 de maio de 1907

5-O trecho acima refere-se a formação de:
(a)Sindicatos dos trabalhadores.                       (b)Movimentos dos trabalhadores rurais.                            (c )Guerras trabalhistas.                         (d) Revoltas de patrões que se unem ás causas trabalhistas.
Em apenas três anos após a crise de 1929, a produção industrial norte-americana reduziu-se pela metade. A falência atingiu cerca de 130 mil estabelecimentos e 10 mil bancos. As mercadorias que não tinham compradores eram literalmente destruídas, ao mesmo tempo em que milhões de pessoas passavam fome. Em 1933 o país contava com 17 milhões de desempregados. Diante de tal realidade o governo presidido por H. Hoover, a quem os trabalhadores apelidaram de "presidente da fome",procurou auxiliar as grandes empresas capitalistas, representadas por industriais e banqueiros, nada fazendo contudo, para reduzir o grau de miséria das camadas populares.Nos primeiros anos da década de 30, a crise se refletia por todo mundo capitalista, contribuindo para o fortalecimento do nazifascismo europeu.Nos Estados Unidos em 1932 era eleito pelo Partido Democrático o presidente Franklin Roosevelt, um hábil e flexível político que anunciou um "novo curso”na administração do país, o chamado New Deal. Fonte: http://www.historianet.com. br/conteudo/default.aspx?
6-No contexto acima  o New Deal representou:
(a) Um plano de reestruturação  da economia dos EUA.                                                                                  (b) Um plano para acabar com a fome no EUA.                                                                                                 (c ) Um plano para restabelecer o emprego aos trabalhadores.                                                                 (d) Um plano para destruir as mercadorias excedentes.
Prevendo a corrida armamentista, Albert Einstein declarou em 1945:"O poder incontrolado do átomo mudou tudo, exceto nossa forma de pensar e, por isso, caminhamos para uma catástrofe sem paralelo."
7-A frase de Albert Einstein tem tom de pesar.Por que?
(a)Porque a bomba atômica  tinha muito poder e podia matar milhões de pessoas e ele não queria que ela fosse usada.
(b)Porque o homem não tinha deixado de querer a guerra mesmo depois da destruição provocada pela bomba atômica .
(c)Porque o homem queria usar a bomba atômica pela primeira vez,mesmo sabendo do poder de destruição da arma.
(d)  Porque ele achava que a quantidade de bomba atômica que existia já era suficiente para destruir muita coisa mas,mesmo assim os países queriam construir mais bombas. 
O neoliberalismo foi uma reação teórica e política veemente contra o Estado intervencionista e de bem-estar. Esse modelo econômico prioriza a estabilidade monetária, a contenção do orçamento, o abandono do pleno emprego e o estabelecimento de concessões fiscais para os detentores de capital. Com a adoção deste modelo, a inflação foi contida, porém as taxas de desemprego e o grau de desigualdade aumentaram .O neoliberalismo defende a idéia de que o mercado, e não o Estado, deve ser o único detentor de salários e capital. Defende a derrubada das barreiras comerciais e a livre circulação de bens, de trabalho e de capital. Visa a  privatizações em massa, a redução de impostos e tributos sobre o capital e o desmanche do chamado Estado de bem-estar social.” Balanço do neoliberalismo” de Perry Anderson.
8)  Sobre esse  modelo de  economia é verdade afirmar:
(I)  Os  empresários que são donos dos meios de produção e comandam a economia do país.
(II) O Estado é o  dono dos meios de produção e comanda a economia da país.
(III) A privatização é uma das características do neoliberalismo.
(IV) O neoliberalismo adota o estado interventor e de bem-estar social
(a)  Apenas I,II e III                                                        (b) Apenas I e III
(c ) Apenas II e IV                                                          (d) I,II,III,IV

Atividade 4--leia o texto abaixo:
Na Constituição do Império, em 1824, podiam votar apenas os que tivessem mais de 25 anos e ganhassem mais de 100 mil réis por ano; os analfabetos votavam, mas as mulheres não. Em 1846 a renda anual exigida subiu para 200 mil réis. A partir de 1882, os novos eleitores analfabetos não podiam ser votados. Com a proclamação da República, em 1889, a idade mínima do eleitor passou a ser de 21 anos, acabando-se a exigência de renda mínima, porém continuando proibido o voto feminino. Em 1891 todos os analfabetos perdem o direito de voto. Em 1932 foi instituído o voto feminino no Brasil e em 1934 a idade mínima baixou para 18 anos, ampliando-se consideravelmente o número de eleitores. A cidadania ativa dos analfabetos foi restituída por emenda constitucional em 1985, continuando proibida a eleição dos mesmos para o exercício de mandatos eletivos. Por fim, a Constituição de 1988 instituiu o voto facultativo para os menores entre 16 e 18 anos e para os maiores de 70 anos, consagrando o voto feminino e dos analfabetos.
9-Sobre a história das constituições no Brasil é verdade afirmar:
(I) Os analfabetos nunca puderam votar.
(II)Na constituição do império só votava que tinha a quantidade de dinheiro estabelecida.Os pobres ficavam de fora.
(III)A mulher só pode votar a partir de 1932.
(IV)Na constituição de hoje os menores de 18 anos e maiores de 70 só votam se quiserem,não são obrigados.
(a)  Apenas I,II e III                                                        (b) Apenas I e III
(c ) Apenas II ,III e IV                                                          (d) I,II,III,IV

 Fundamentalismo não é uma doutrina (...) Fundamentalismo representa a atitude daquele que confere caráter absoluto ao seu ponto de vista. Sendo assim, imediatamente surge grave conseqüência: quem se sente portador de uma verdade absoluta não pode tolerar outra verdade, e seu destino é a intolerância. E a intolerância gera o desprezo do outro, e o desprezo, a agressividade, e a agressividade, a guerra contra o erro a ser combatido e exterminado. Irrompem conflitos com incontáveis vítimas”. BOFF, Leonardo. In: Fundamentalismo a globalização e o futuro da humanidade, Rio de Janeiro: ed. Sextante, 2002.
10_Atualmente vem acontecendo  fatos na História do mundo que ilustram muito bem o fundamentalismo.Que alternativa abaixo contém exemplos disso?
(a)Guerra entre Israel e Palestina e ataque as Torres Gêmeas.
(b)Tsuname e Terremoto em Tóquio.
(c)Massacre da Candelária e tráfico no Rio de Janeiro.
(d)Briga pela audiência das tevês abertas e desvio de verbas pelo poder público. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário