Baixe qualquer arquivo do Blog em doc Word

Atividades de outros conteúdos... http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.br/
Se você não conseguir uma boa visualização envie-me email que ficarei feliz em compartilhar. profclaugeo@yahoo.com.br Abraço.
Escolha o arquivo na barrinha ao lado, clique em slideshare, você vai ser direcionado para outra pagina, logo acima clique em save(um setinha apontando para baixo)Pronto.

quinta-feira, 25 de março de 2010

ATIVIDADES DE GEOGRAFIA PARA O PAV--Projeto Acelerar para Vencer:



ROTEIRO 2
- Conteúdo: O Homem e o Espaço
- Objetivo: Conhecer os elementos sociais, culturais e naturais, a integração entre eles e compreender o permanente processo de transformação do espaço geográfico.
            Identificar a construção do nosso “Eu” enquanto sujeitos que fazemos a História.
- Desenvolvimento:
O conteúdo será desenvolvido através de um projeto: “Eu” Construindo a Minha História no Espaço Geográfico.
 CONCEITUAR: homem e o espaço- cidades, estado, país, América do Sul-  mapa-múndi,
Espaço Geográfico- bairro, país, Planeta Terra,  lugar , Comunidade -Cidadão, consciente
- Conteúdo: O Homem e o Espaço







                Responda as questões com as imagens acima

1-De onde você veio, de onde vieram seus antepassados? Recorte e cole as misturas que deram origem a você.
2-Escreva 10 coisas que foram importantes para você desde o seu nascimento até hoje:
















3-Recorte e cole junto as três etnias que deram origem ao povo brasileiro.
3-ue etnia foi a primeira a povoar o Brasil?
4-Que etnia se disse descobridora do Brasil?
5-Qual dessas etnias  não veio para o Brasil porque quis mas foi trazida a força para cá?
6-Quais as trincipais etinias a trabalhar na lavoura de café depois da libertação dos escravos?
7-Que etnia foi a principal a povoar a região sul do Brasil?
8-Que etnia  se misturou e deu  origem aos  povos vizinhos do Brasil, como: Argentina, Bolivia, Colômbia etc.?






PAV 1.---cont..1
- Conteúdo: A Ciência Geográfica
- Objetivo: Reconhecer a Geografia como uma possibilidade de leitura e compreensão do mundo.
A Ciência Geográfica
A palavra Geografia foi criada pelos antigos gregos e significava “descrição da Terra”.
Esta palavra incluía um grande número de assuntos que hoje são temas de estudo de diversas ciências.
O estudo da Terra como um astro que faz parte do Universo;
O estudo da formação da Terra e sua evolução através dos milhões de anos;
O estudo da distribuição dos seres vivos;
O estudo dos climas, das águas ...
A Geografia mostra como o homem pode modificar o aspecto natural de um lugar, construindo estradas, barragens, cidades, derrubando florestas...
Por isso se diz que os objetivos principais da Geografia são:
Localizar, descrever, explicar e comparar os diversos aspectos naturais que se observam na superfície terrestre;
Estudar as atividades dos homens sobre a Terra.
Podemos definir a Geografia da seguinte forma:
                        “Geografia é a ciência que descreve e interpreta os fenômenos físicos, biológicos e humanos da superfície da Terra”.Dito de outra forma, podemos dizer que a “Geografia é uma ciência que estuda as relações existentes entre o homem e o meio em que vive”.

Muitas vezes o conceito de Paisagem é distorcido, pois muitas pessoas entendem que ela é somente aquilo natural, porém Paisagem nada mais é que o domínio do visível, tudo aquilo que possamos ver. Ela é formada não só por volumes, mas também por cores, odores, movimentos, sons. Em suma, é o conjunto daquilo que vemos e sentimos(Brasil Escola)
Uma paisagem é o mesmo que um espaço, é tudo que posso ver ao meu redor, isto é, tudo o que posso ver numa extensão ou espaço.
Paisagem natural é aquela que ainda não foi modificada pelo ser humano, ela encontra-se praticamente inexistente atualmente e quando existe, possui interesses políticos e/ou econômicos na frente de outros interesses considerados mais importantes (como de preservação, pesquisa, entre outros)
Paisagem cultural é uma paisagem onde os homens modificaram de  alguma maneira. Não é mais natureza intacta. Pode ser um campo cultivado,  um rio com curso alterado, uma floresta cortada ou plantada, uma ponte construída,um túnel aberto,qualquer coisa que os homens fazem para obter algo ou para só ordenar ou limpar ambientes .




                                                   1-Defina  Geografia.
                                    2-Numere as paisagens acima .
                                    (1)Para Paisagem Natural----
                                   (2) Para Paisagem Cultural.
                                

BOA ESPERANÇA                                                                                                                                                                            História
A história de Boa Esperança está ligada diretamente à história dos bandeirantes. E tudo começou no século XVIII, quando os bandeirantes portugueses desbravavam florestas atrás de ouro das Minas Gerais.
No século XVIII, faiscadores de ouro da região de São João Del Rey  aventurando-se na mineração, atingiram a região, João de Souza Pinto Bueno, parente do bandeirante Bartolomeu Bueno (neto do Anhanguera), que procurava  ouro, adentrou pelas matas e ao chegar às margens do Córrego de Ouro, montou acampamento, O Capitão-Mor de Milícias José Álvares de Figueiredo e seu amigo Constantino de Albuquerque, chegaram ao acampamento de João de Souza Pinto Bueno, no Córrego de Ouro, que abriu para eles o caminho pela floresta até o Ribeirão de São Pedro.  O Capitão-Mor José Álvares de Figueiredo era português, se estabeleceu naquelas terras, adquirindo os terrenos que transpusera desde o córrego da Capitinga, bem como os que se avistavam ao longo da serra (Serra da Boa Esperança). A coroa concedeu a dita sesmaria ao Capitão-Mor José Álvares de Figueiredo, de acordo com a legislação então vigente, para conseguir esta sesmaria, deveria já estar de posse da mesma há, pelo menos, dois anos completos, para só então, receber a terra.
Cronologia
1804 O Padre Cleto e algumas famílias chegaram ao povoado. Os proprietários de terras da região: Francisco José da Silva Serrote e José Meireles de Matos, proprietários do Serrote, dos Meireles, do Mombó, das Cardosas, do Leitão, e Manoel de Barros, proprietário do Barro, doaram terras para o patrimônio do povoado denominado Freguesia do Pântano e iniciaram a construção da Capela de N.S. das Dores.
1813 –  o povoado tornou-se Freguesia, tendo sido suprimido de seu nome a palavra Pântano, substituída por Boa Esperança, inspirada na Serra. Passou a chamar-se Dores da Boa Esperança.
1814 - Instalação da Freguesia de N.S. Dores, sendo nomeado  o 1º párocoPadre José Francisco Morato.
1822 – Morre o fundador da cidade, Capitão-Mor José Álvares de Figueiredo.
1855 Os limites da cidade estão firmados entre o Córrego dos Pintos, do Caxambu, do Servo e o Rio Grande.
1868 - desmembrou-se do Distrito de Três Pontas, instalando-se a Vila de Dores de Boa Esperança.
1869 - 15 de outubro  que elevou a Vila à categoria de Cidade: Dores de Boa Esperança.
1907 -  Invasão de gafanhotos produzindo devastação./1911 - Canalização da água na cidade.
1918 - Epidemia da Gripe espanhola trazida pelo Circo Tak-Shawa. / Instalação do ponto de socorro.
1919 - Chega à cidade o primeiro automóvel ./1920 - Instalação de energia elétrica na cidade.
1937 - Construção do Cemitério Municipal /1939 - Mudança de nome: Dores de Boa Esperança para Boa Esperança.
1945 - Volta dos Soldados Dorenses que lutaram nos campos da Itália contra a Alemanha na 2ª Guerra Mundial.
1953 - Inauguração da Rodoviária. Parte do município é desmembrado com a emancipação de Ilicínea.
1999 – o  Papa João Paulo II, elevou a antiga Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores a Basílica Menor,
2002 – Solene Instalação da Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores, 1º  Monsenhor Victor Vieira .
2007 -  Criação do Parque Estadual da Serra da Boa Esperança, com 5.873,9960 hectares de área.
2010 -  Parque Estadual da Serra da Boa Esperança pega fogo. 500 hectares foram queimados.
Geografia -Altitude máxima: 1392 m (Serra da Boa Esperança) Altitude Média: 775 m (Beira Lago)
Temperatura Média Anual: 27°C / Clima: tropical de altitude/ RelevoOndulado e Montanhoso
Comunidades Rurais: Sapezinho, Rancharia, Barro Preto, Lagoinha, Córrego do Ouro, Felícias
Praças: Pça.Coronel Neves (Jardinzão);Pça. Drº Joaquim Vilela(Jardinzinho);Pça. da Cx. D'água; Pça.da Rodoviária
Distâncias – BH 283 km ,SP 390 km,  RJ 460 km Alfenas: 62 km- Lavras: 71 km- Santana da Vargem: 14 km- Três Pontas: 28 km
- Varginha: 56 km- Pouso Alegre: 165 km
Sistema viário - BR 369/ MG 167/  BR 381 (Rod.Fernão Dias)
Recursos Hídricos -Rios e córregos – Rib.São Pedro/Ribeirão das Três Pontas/Ribeirão Marimbondo/Ribeirão Maricota. Represa de Furnas -1ª Usina Hidrelétrica de Furnas Centrais Elétricas, na bacia do Rio Grande.
Bairros - Centro, Beira Lago, Nova Era, Belvedere, Alvorada, Vila Belém, Sinara,Jardim das Acácias,Maringá,Centenário,Jardim Progresso, São Sebastião, Alvorada,Santa Cruz, Magnólias,Geraldo Freire, Aguinha,Sagrado Coração de Jesus ou Vila do toco,Nova Esperança,Bela Vista, Novo Horizonte, Sol Nascente, Eldorado,Santa Rita,Cristo Rei ou Kardeck,Jardim Primavera, Marconi,Frederico Ozanan,Jardim Aeroporto,Vista Bonita,Jardim das Palmeiras, Santa Terezinha ou Vila Neusa.
Economia - agro-pastoril e centro produtor de café.Agricultura:  arroz, alho, batata-inglesa, feijão, milho, café, cana-de-açúcar, mandioca, soja, tomate e frutas, Pecuária: rebanho leiteiro e de corte, suinocultura e a avicultura
Fauna - diversas espécies de aves comoGarçaIrerêGavião-carijóSaracuraFrango-d'águaQuero-queroAsa-branca, AnuCoruja-do-matoJoão-de-barroBem-te-viTico-tico,  Pássaro-preto, Mamíferos silvestres como: lobo guará, capivara, paca, garça, macaco, irerê, biguá (pássaro), onça, tamanduá, pica pau, mico estrela, tucano, macaco mono-carvoeiro, seriema, tatu, veado, Vegetação:Flora: é abundante constituída de matas (sucupira, jacarandás, jatobás e outras), cerrados
Festas -Campeonato Brasileiro de Jet Sky – FINAL /Carnaval (carnaboa / carnaval na boa) / Festival Nacional da Canção (O Maior Festival de Música do Brasil) / Dia da Padroeira, Nossa Senhora das Dores/ Aniversário da cidade.
Filhos ilustres - Newton Freire Maia - cientista e geneticista, Rubem Alves - educador
Nelson Freire – pianista, Dom Dimas Lara Barbosa - Bispo da CNBB
Localização:Sul de MG, na micro região do Baixo Sapucaí, as margens do Lago de Furnas. Área  620 Km2
Limites:- Ao norte: Guapé- Ao sul: Coqueiral, Campo do Meio, Campos Gerais, e Santana da Vargem/- A leste: Cristais e Aguanil- A oeste: Ilicínea e Carmo do Rio Claro.
Aspectos humanos:Etnia: o povo Esperancense tem sua etnia semelhante às demais regiões do país, entretanto a miscigenação de portugueses, Italianos, Africanos e Alemães formam características do povo de Boa Esperança
Nomes de Boa Esperança: Dores do Pântano – pela devoção do capitão José Alves de Figueiredo a N.S. das Dores, Padroeira da cidade, e pela característica pantanosa do terreno onde se fixaram as primeiras casas.
 Dores da Boa Esperança – religiosidade dos nossos antepassados e toda a esperança que depositaram nesta boa terra.
Finalmente, Boa Esperança – por razões práticas e também por se conservar a terra sempre boa e a esperança .



ATIVIDADES
1-    Qual é a Localização de Boa Esperança?
2-    Quando foi fundada e por quem?
3-    Qual a origem do nome.
4-    Quais as características principais das moradias.
5-    Quais os principais meios de transporte?
6-    Quais os principais meios de comunicação?
7-    Quais as áreas de lazer?
8-    Em sua cidade há bibliotecas, creches, universidades, postos de  saúde, hospitais, corpo de bombeiro?
9-    Como começou a História de Boa Esperança? Relacione com a História do Brasil.
10- Descreva a economia de Boa Esperança.
11-  Descreva a fauna e a flora de Boa Esperança.
12- Quais os rios de Boa Esperança?
13-  Quais as principais festas de Boa Esperança?
14- Como é a formação étnica do povo esperancense (formação humana)



                Conceitue as palavras em negrito colorindo os conceitos abaixo 
Cidade

rural
urbano
migração
Imigrante

emigrante
metrópole
rede urbana
região metropolitana

conurbação
população urbana
população rural
 Pessoa que emigra. Que sai do seu pais de origem.
cidade e núcleos de população.
Total de  habitantes de uma cidade.
Movimento espacial de um habitat para outro.
quem vem estabelecer-se num país estranho.Que entra lugar.
Toda sede de município, qualquer que seja a sua importância
A totalidade dos  habitantes do  campo.
Relativo ou pertencente a cidade. 
2Habitante da cidade

Relação de várias cidades e sua fusão em uma única área metropolitana.
Pertencente ao campo ou à vida agrícola;campestre.Agrícola, campesino, camponês, rústico.

fluxos, conexões entre cidades, por meio de produtos, idéias, pessoas, trabalho, cultura, informação, lazer, financeiro, transnacionais...
Centro de civilização ou comércio.  Cidade que, por sua importância, possui uma influência nacional e até internacional e exerce influência sobre toda uma rede de cidades menores


        Complete o quadro abaixo com exemplos  de sua cidade.

Classe social
Nome do Bairro
Características



















     
Saudosa Maloca
Adoniran Barbosa

Se o sinhô num tá lembrado
Dá licença de contá
Ali onde agora está
Aquele edíficio arto,
Era uma casa véia,
Um palacete assobradado.
Foi ali, seu moço
Que eu Mato Grosso e o Joca,
Contruímo a nossa maloca
Mas um dia, nóis nem pode se alembrá,
Veio os home cas ferramenta

E o dono mandô derrubá
Peguemo todas as nossas coisa
E fômu pru meio da rua,
Apreciá a demolição
Que tristeza que nóis sentia
Cada tauba q caía,
Duía no coração
Mato Grosso quis grita
Mas em cima eu falei
“Os home tá ca razão
Nóis arranja otro lugá”
Só se conformemo

Quando Joca falo:
"Deus dá o frio,conforme o cobertô"
E hoje nóis pega paia
Nas grama do jardim
E pra esquecê
Nóis cantemos assim:
Saudosa maloca
Maloca querida,
Din din donde 
Nóis passemo
Os dia feliz
De nossas vida.


1)      Em qual trecho Adoniran relata um exemplo das transformações que ocorrem nas cidades?
2)      A letra da música fala das desigualdades existentes nos centros urbanos. Explique.
3)      Embora escrita há bastante tempo, a letra da música continua atual.Justifique essa afirmação.
4)      Na sua avaliação, como vivem as pessoas que, como os personagens da música, não possuem uma casa para morar? Converse com seus colegas sobre as dificuldades que existem na vida dessas pessoas. Quais seriam as possíveis soluções para esse problema em nosso país?
5)      Quanto vocês acha que custa os imóveis e os aluguéis nos bairros (no centro, na periferia, em áreas nobres) do espaço urbano de seu município. Relacione os preços às características das moradias pesquisadas (quantidade de cômodos, de metros quadrados, etc) e do bairro onde se localizam (se é bem servido por transporte coletivo, estabelecimentos comerciais, escolas, infra-estrutura, etc). Depois, conclua: onde se localizam as residências mais valorizadas? Quais se localizam em bairros mais bem servidos por infra-estrutura e pela prestação de serviços?




Um comentário:

  1. Ellen Dantas Cathala Loureiro15 de abril de 2010 13:51

    Gostei muito do que vc comta e suas images são linda tchu

    ResponderExcluir