domingo, 20 de novembro de 2011

TÓPICO 35- SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO


SEMINÁRIO DE TEXTOS: TÓPICO 35- SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

TEXTO- 1-  OS PONTOS DE INTERCONEXÃO DAS REDES MUNDIAIS NOS FLUXOS DE TURISMO E SERVIÇOS CULTURAIS
As viagens internacionais há algum tempo, servia apenas a uma restrita parcela da população de alto poder aquisitivo, atualmente a indústria do turismo tem produzido um volume extraordinário de dinheiro, todos os países têm adotado políticas direcionadas ao turismo. O turismo se expandiu por vários motivos, mas com certeza o que impulsionou essa atividade foi o desenvolvimento dos transportes (ferroviário, rodoviário, hidroviário, marítimo e aéreo) e da telecomunicação (telefone, internet, celular etc.), pois esses facilitam a comunicação entre as empresas que trabalham nesse ramo. Hoje existe um fluxo internacional de turistas que gastam e consomem, incrementando ainda mais a atividade. O ramo turístico modifica o espaço geográfico, pois para atender o turista é preciso criar infraestrutura e direcionar mão de obra especializada, mas é importante destacar que o turismo exerce uma função importante em cidades turísticas, pois as características e a identidade do lugar são preservadas. Os países que recebem o maior fluxo de turistas são Estados Unidos e União Europeia. Os europeus são os que mais realizam viagens turísticas, em seguida os Americanos e Canadenses. Mas é bom ressaltar que essa é uma realidade vivida por pessoas de classe média e alta, que representam a minoria da população mundial. A maioria, não tem expectativa de realizar tais viagens.
A tipologia de fronteiras – não há fronteiras para uma minoria de classe média ou alta e com mão de obra qualificada, que transita de modo contínuo nos seus trabalhos e se transferem de um país a outro quando o desejam; podem ser ultrapassadas desde que autorizadas pelos governos aos turistas com disponibilidade em suas contas bancárias e cartões de crédito internacionais. As fronteiras dificilmente são ultrapassadas legalmente por uma classe de excluídos que, atraídos pela possibilidade de melhoria de suas condições de vida, tentam utilizar-se de mecanismos ilegais de imigração.
As fronteiras na escala internacional: a soberania do Estado restringe-se ao território delimitado pelas fronteiras nacionais.
não há um poder geral que submete os Estados a leis e regras.
TEXTO- 2-  Sociedade da Informação, Global Information Society, Sociedade do Conhecimento, Nova Economia, Sociedade Pós-Industrial são expressões geradas no interior do mesmo fenômeno: a globalização. Uma característica comum da multiplicidade de aspectos da globalização é uma rede global de informática e comunicações baseadas no uso de três ramos da eletrônica: os computadores, a microeletrônica e as telecomunicações. O uso dessa tríade de tecnologias revolucionárias pelo capitalismo global trouxe mudanças nas formas de ver o mundo, novos desafios a nossas relações sociais, instabilidades geradas por um novo poder econômico constituído pelas redes financeiras globais que segregam, excluem sociedades, países, regiões que não têm valor para seus ganhos financeiros. A mesma rede de comunicações que dão poder econômico às redes financeiras internacionais constrói redes globais de notícias, artes, ciências, diversões, lazer, viagens, integrando sons e imagens com palavras escritas e faladas num só hipertexto de alcance global, mudando para sempre nossa cultura.
TEXTO- 3-
Sociedade pré-industrial: tentativa e erro, ação e reação.
Sociedade industrial: experimentação, busca de soluções, descoberta, organização científica do trabalho, padronização, especialização, sincronização, centralização, one best way (uma única solução, a melhor)
Sociedade pós-industrial ou sociedade da informação: simulações computadorizadas; análise de sistemas; pesquisa dos problemas; invenção; enfoque científico dos processos de previsão, de programação, de decisão; desregulamentação e descentralização. Ao contrário do one best way, a resposta programada consiste em dizer que para maximizar a produção posso escolher entre muitas soluções que me permitem realizá-la de maneira diferente. Este método da ciência é completamente novo, revolucionário em relação ao utilizado pela sociedade industrial. Os resultados de uma pesquisa são possíveis de traduzir em linguagem informática. Fonte: DE MASI, Domenico. Sociedade pós industrial. 2a. edição. SP: Senac, 1999. pág. 51
TEXTO- 4- Para a UNESCO é um erro confundir a sociedade da informação com a sociedade do conhecimento. A Sociedade do conhecimento contribui para que o indivíduo se realize em sua realidade vivencial. Compreende configurações éticas e culturais e dimensões políticas. E sociedade da informação está limitada a um avanço de novas técnicas devotadas para transferir, o que pode ser uma massa de dados indistintos para aqueles que, não tem as competências necessárias para se beneficiarem deste tecnoespaço. Falando de uma forma ampla, assim como a sociedade industrial trouxe as tecnologias do vapor, a eletricidade e o motor a combustão para modificar o processo de produzir bens materiais e a sociedade da informação trouxe tecnologias emergentes da microeletrônica e da telecomunicação para processar e reunir estoques de dados relacionados visando uma eventual transferência destes dados mudando desse modo a maneira de se produzir  Há que cuidar quando se for usar o termo sociedade da informação, seu significado é simples e limitado comparado ao vigor dinâmico de uma ação completada de conhecimento.


 ATIVIDADES:
1-      De acordo com o texto, porque a indústria do turismo se expandiu?
2-      Por que o ramo turístico modifica o espaço geográfico?
3-      Quais são os  países que recebem o maior fluxo de turistas? E quais os que mais realizam viagens turísticas?
4-      Que tipo de pessoas realiza viagens internacionais?
5-      Por que o texto diz que não há fronteiras para uma minoria de classe alta, que eles podem transitar livremente pelos países?
6-      De acordo com o texto, a sociedade da informação surgiu dentro de que fenômeno?
7-      De acordo com o texto, uso de qual tríade de tecnologias revolucionárias pelo capitalismo global trouxe mudanças nas relações sociais?
8-      Numere:
(1)     Sociedade industrial             (2) Sociedade Pós Industrial ou sociedade da informação
(   ) one best way (uma única solução, a melhor)
(   ) simulações computadorizadas antes de acabar o produto
(   ) centralização das indústrias nas cidades.
(   ) Contrário do one best way (escolher entre muitas soluções que me permitem realizá-la de maneira diferente)
(   ) organização científica do trabalho
(   ) descentralização das indústria em direção ao campo e aos países periféricos
(   ) padronização dos produtos
(   ) pesquisa dos problemas
(   ) especialização da mão de obra
(   ) enfoque científico dos processos de previsão
(   ) sincronização dos movimentos

9-      Segundo a UNESCO, o que é sociedade do conhecimento?
10-    Segundo a UNESCO, o que é sociedade da informação?
11-    De acordo com o texto, que mudanças a sociedade industrial trouxe para a produção?
12-    De acordo com o texto, que mudanças a sociedade da informação trouxe para a produção?
13-    De acordo com o texto, coloque V ou F
(   )  As fronteiras de um Estado não se restringem ao seu território.
(   ) Hoje os pobres também podem fazer viagens internacionais.
(   ) O turismo se intensificou graças a desenvolvimentos no transporte e nas telecomunicações.
(   ) O ramo turístico modifica o espaço, pois, cria infraestruturas para satisfazer suas necessidades.
(   ) O turismo não ajuda na preservação das cidades, pois os turistas querem visitar apenas a natureza.
(   ) O pobre na maioria das vezes que atravessam fronteiras entre países é de forma ilegal.
(   ) A exclusão digital, exclui países do processo da globalização.
14-     Leia e interprete o poema
CACOFONIA SOCIAL  CARLOS VOGT
“Com a globalização
dá-se dos pobres
a exclusão
acima dos médios
a inclusão
e destes - se ricos -
a reclusão.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário