Baixe qualquer arquivo do Blog em doc Word

Atividades de outros conteúdos... http://atividadesdiversasclaudia.blogspot.com.br/
Se você não conseguir uma boa visualização envie-me email que ficarei feliz em compartilhar. profclaugeo@yahoo.com.br Abraço.
Escolha o arquivo na barrinha ao lado, clique em slideshare, você vai ser direcionado para outra pagina, logo acima clique em save(um setinha apontando para baixo)Pronto.

domingo, 31 de maio de 2009

Matéria Lecionada de Geografia no 7º ano do Ensino Fundamental


1º Bimestre Geografia 7º ano Ensino Fundamental.

Eixo Temático I Geografias do Cotidiano
Tema 1 : Cotidiano de Convivência, Trabalho e Lazer

Tópico1. Território e territorialidade
1.2.Compreender no cotidiano as noções de território e territorialidade, aplicando-as nas situações que produzem a vida na cidade e no campo. 6 a / 7º ano
OP 1 Território e territorialidade
Conceituar:  Demarcações de poder, legal e ilegal, nos espaços cotidianos - territórios como propriedade coletiva, pública, idéia de posse – limites – fronteiras – vizinhança – territorialidade - qualidade de vida conflituosa e insegura -  bairros – favelas - auto-estradas - limite de poder de instituições, grupos sociais, gangs, estados, regiões e países - povo e de nação – Territorialidade -  Fronteiras - Desterritorializados: (exemplo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terras)- Reterritorializados
O que ensinar
1. As mudanças ocorridas na produção do espaço urbano do lazer em diferentes escalas e tempos(produção do espaço urbano do lazer).
2. As relações de poder implícitas na produção do espaço urbano, em especial no tocante ao lazer.
3. As noções de território e territorialidade em situações que produzem a qualidade de vida na cidade: os territórios de poder, os territórios das instituições, os territórios públicos, os territórios fora da lei.
4. Os processos de preservação e depredação do território expressos na paisagem: os territórios das Igrejas, a ciclovia como território do lazer, as Vias Públicas(em algumas cidades em certos horários fechadas) para a caminhada.
-paisagem urbana as territorialidades construídas em diferentes temporalidades no centro das metrópoles como as gangues, mendigos, crianças de rua e outros sujeitos excluídos do processo de produção.
-territórios urbanos preservados e os depredados,
- papel das políticas públicas na revitalização ou abandono.
- pichações, mendicância, violência do trânsito, comércio informal (classes sociais  excluídas).

Tópico: 2. Paisagens do cotidiano
2.1..Interpretar as paisagens urbanas e rurais em suas oportunidades de trabalho e lazer valendo-se de imagens/fotos de tempos diferentes .4 a / 6º ano 4 a/ 7º ano  4 a / 8º ano
2.2.Reconhecer nos cotidianos da paisagem urbana e rural o que a cultura e o trabalho conferiram como identidade de um lugar
Conceituar: paisagens do cotidiano (discotecas, bares, teatros) - qualidade de vida diferente e desiguais - vida rural - - trabalho, emprego e desemprego – espaço público e privado – Favelas – periferia - conquistas de cidadania - - setor terciário e serviços “serviços inteligentes” -  Globalização - ONG - Infra-estrutura urbana(energia elétrica, saneamento básico, sistema viário, serviços sociais)- Massificação( influencia dos meios de comunicação rádio, TV, cinema, jornais, revistas, outdoors, propagandas) - Paisagem urbana - Serviços inteligentes (Revolução  técnico-científico-informacional).
O que ensinar
• Paisagens urbanas que evidenciam as diferentes formas de trabalho no espaço.
• Paisagens urbanas que evidenciam diferentes formas de lazer.
• As paisagens do cotidiano e as relações homem e natureza.
• O trabalho e o lazer nas paisagens de diferentes tempos e espaços.
• Relações entre cultura e trabalho na identidade de um lugar.
• Serviços de infra-estrutura, oportunidades de trabalho, de lazer e direitos à cidadania.
- paisagens urbanas  e suas oportunidades de trabalho e lazer.
- acesso a serviços de infra-estrutura, oportunidades de trabalho, de lazer associando-os aos direitos à cidadania.

Eixo Temático II  Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Tema 2 : Patrimônios Ambientais do Território Brasileiro                7º ano
Temas complementares:
• Os sistemas técnicos no cotidiano da sociedade de consumo.
• Identidades territoriais e preservação da memória de um povo: estudos de caso.
• Os sítios arqueológicos do território mineiro e sua territorialização como atratividade turística.
A Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Complementar: V. Território e territorialidade
-Identificar as fronteiras culturais do território brasileiro, localizando-as no mapa.-Reconhecer a sociodiversidade da nação brasileira, sua localização no território e suas formas de manifestação e interação.-Mapear nas formas visíveis e concretas do território usado os processos históricos construídos em diferentes tempos.                                                                                                                                OP- 12 Território e territorialidade
Conceituar: - território - espaço-culturais -  sociodiversidade das paisagens brasileiras - territorialidade, nós redes, tessitura, fronteiras, limites, continuidade, descontinuidade, superposição de poderes - fronteiras culturais do território brasileiro -
O que ensinar
1. As fronteiras culturais do território brasileiro.
2. A sociodiversidade da nação brasileira, sua localização no território e suas formas de manifestação e interação.
3. As formas visíveis e concretas do território usado os processos históricos construídos em diferentes tempos.
RA- 4 Território e territorialidade.
DESCRITORES: PIP
6. FORMAS DE REPRESENTAÇÃO CARTOGRÁFICA ESPAÇO-TEMPORAL
6.1 Sistema de referência: coordenadas geográficas
D82 - Identificar no planisfério os paralelos e os meridianos ou hemisférios.
D83 - Identificar no mapa, dadas as coordenadas geográficas de um lugar, a sua localização.
D84 - Determinar as coordenadas geográficas de um determinado lugar, observando um mapa.
6.2 Fusos horários e sistema de orientação: pontos cardeais e colaterais
D85 - Relacionar a forma da Terra e o movimento de rotação com a definição de horários locais.
D86 - Aplicar, a partir de um planisfério, os fusos horários para estabelecer diferenças horárias entre localidades.
6.3 Tipos de mapas temáticos
D87 - Interpretar cartogramas, cartodiagramas, anamorfoses geográficas e mapas de isolinhas (isotermas, isoietas e isóbaras).




2º Bimestre Geografia 7º ano Ensino Fundamental.

Eixo Temático I Geografias do Cotidiano
Tema 1 : Cotidiano de Convivência, Trabalho e Lazer

Tópico 3. Cidadania e direitos sociais
3.1.Reconhecer na paisagem urbana e rural, a cultura, o trabalho e o lazer como identidade de um lugar e direitos à cidadania. 3 a/ 7º e 4 a/ 8º
3.2.Ler e interpretar em mapas, dados e tabelas os avanços dos direitos sociais no Brasil e no mundo.
4 a/ 6º,  6 a/ 7º, --- 4 a/ 9º
Conceituar:  - direitos sociais - nacionalidade, regionalidade, localidade - cidadania – direitos humanos – cidadão- direitos civis - Galeras –Gangues –Funk – carecas -  skinheads – Movimento Hip hop -
O que ensinar
•Os movimentos sociais que se manifestam em cotidianos urbanos: ligados à moradia, a identidades étnicas e de gênero ou mesmo movimentos relacionados a reivindicações básicas para a conquista da cidadania.
•As conferências temáticas sobre a cidade.
•A paisagem urbana e rural: quais seriam as características da cultura e do trabalho como identidade de um lugar e direitos à cidadania: aspectos de cada região, de diferentes povos.
• Os avanços dos direitos sociais no Brasil e no mundo.
•países com qualidade de vida diferente e pessoas com cotidianos diferentes e desiguais que se manifestam nas cidades e na vida rural;
•noções de trabalho, emprego e desemprego;
•noções de público e privado;
•diferenças sociais e econômicas nas formas de moradia, nos diferentes bairros, cidades, países.
- ações de solidariedade no espaço de vivência.
-  rebeldia, os sentimentos e a corporeidade dos jovens.: gangues, galeras, movimento Hip hop, Funk, carecas,etc
 - os jovens e a sociedade de  consumo.
- a violência entre os jovens.
-  drogas e os conflitos o mundo da cultura, das músicas, do lazer.
- a  busca do mundo do trabalho
- a construção da cidadania participativa: movimentos políticos, ONGs, Grêmios, esporte, etc.

Tópico 5. Segregação espacial
5.2.Explicar os tipos de relações sociais existentes no território relacionando-os com os lugares, suas estratégias de segregação e exclusão das populações marginalizadas. 4 a/ 6º ano, 4 a/ 7º ano, 4 a/ 8º ano
5.3.Reconhecer a cidade na sua territorialidade de bandos, gangues, identificando as demarcações no seu espaço de vivência e relacionando-os com a singularidade ou generalidade de outros cotidianos.4 a/ 7º ano
Conceituar:  - segregação socioespacial (bailes funks, forrós, restaurantes, shoppings, condomínios fechados, favelas) - fragmentação da metrópole - centros urbanos – Fronteiras – Identidade - Etnia – Genocídio -
O que ensinar
•Planejamento urbano e necessidades locais da população: a distribuição dos serviços, loteamentos, equipamentos públicos, praças, parques.
•Loteamentos periféricos: aspectos de infra-estrutura urbana e serviços relacionados do local ao centro urbano.
•Condomínios fechados, guetos e favelas.
•As territorialidades e os grupos sociais marginalizados socialmente.
•Os enfoques citados relacionados com o conceito demandam que os alunos percebam para além de suas representações sobre a produção do espaço. Isso significa a necessidade de um diagnóstico sobre os serviços e equipamentos públicos, a noção de direitos sociais e deveres do governo em relação aos serviços equipamentos, discussão sobre o uso e consumo dos espaços públicos com a ordem de respeito a leis e ao meio ambiente e sobretudo, uma grande reflexão sobre a finalidade da vida urbana e da sociabilidade.
- exclusão das populações marginalizadas.
- discriminação, segregação praticadas no espaço.
- Diferenciar grupos ou classes sociais de acordo com a cor, crença religiosa, língua, relações políticas.
Eixo Temático II  Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Tema 2 : Patrimônios Ambientais do Território Brasileiro                7º ano
Temas complementares:
• Os sistemas técnicos no cotidiano da sociedade de consumo.
• Identidades territoriais e preservação da memória de um povo: estudos de caso.
• Os sítios arqueológicos do território mineiro e sua territorialização como atratividade turística.
A Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Complementar:VI. Populações tradicionais
-Identificar e localizar no tempo e no espaço a distribuição das populações tradicionais no território mineiro.
-Relacionar o conteúdo legal dos direitos constitucionais garantidos às populações tradicionais do território brasileiro e seu cumprimento na prática existencial.
- Analisar o modo de vida das populações tradicionais à luz dos padrões de produção e consumo coerentes com uma vida sustentável. 
Conceituar:  ambientalismo - populações tradicionais - sociedades sustentáveis - etnoconhecimento – - recursos naturais renováveis -  "ilhas" de biodiversidade - indústria biotecnológica – biopitaria - recursos genéticos -  demarcação de território - direitos territoriais e culturais - questão fundiária - - biomas naturais - funções ecológicas dos recursos - manutenção da identidade étnica e da cultura tradicional - recursos naturais.
- Populações tradicionais:povos indígenas, ribeirinhos, seringueiros e outros povos extrativistas da Amazônia (povos da floresta), os remanescentes de quilombos e caiçaras.
- ecossistemas de alta produtividade natural: o Pantanal Mato-grossense, as várzeas da Amazônia, as regiões costeiras, o sertão nordestino.
O quê ensinar
• Distribuição espacial das populações tradicionais no território brasileiro.
• Direitos constitucionais das populações tradicionais do território brasileiro e seu cumprimento na prática existencial.
• Modo de vida das populações tradicionais: padrões de produção e consumo na perspectiva de uma vida sustentável.
DESCRITORES:PIP
5. O BRASIL E SUA REGIONALIZAÇÃO
5.1 O processo de formação territorial
D63 - Relacionar a concentração socioeconômica do Brasil nas áreas próximas ao Atlântico com o processo de colonização do país.
D64 - Associar a atividade da pecuária e da mineração com o processo de interiorização do país.
D65 - Analisar as transformações do território brasileiro decorrentes do desenvolvimento do plantio da cana-de-açúcar e do café.
5.2 Relação sociedade/natureza
D66 - Comparar as características dos domínios naturais do Brasil.
D67 - Comparar os diferentes usos das bacias hidrográficas brasileiras a partir de suas características físicas.
D68 - Analisar a importância política e econômica da conservação da biodiversidade no território brasileiro.
D69 - Relacionar as atividades extrativas com as áreas dos diversos domínios naturais, através de comparação de gravuras (Percy Lau, por exemplo).
D70 - Identificar, no mapa, as principais bacias hidrográficas brasileiras e seu aproveitamento econômico (Tietê-Paraná, Paraguai, Madeira, Solimões-Amazonas,São Francisco). 


3º Bimestre Geografia 7º ano Ensino Fundamental.

Eixo Temático II  Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Tema 2 : Patrimônios Ambientais do Território Brasileiro

Tópico 7. Turismo
7.2.Distinguir parâmetros de turismo sustentável e insustentável, explicando os impactos em nível sociocultural, socioambiental e socioeconômico. 4 a/ 7º ano,  3 a/ 8º ano
OP- 16 Turismo
Conceituar:- patrimônios culturais e ambientais  - diversidade cultural - ocupação do tempo livre - viagens turísticas - lugares turistificados - infra-estruturas (saneamento, segurança, equipamentos de hospedagem, lazer, alimentação, meios de comunicações e transportes, artesanato, recursos humanos, comércio) - educação patrimonial e ambiental - patrimônios natural e cultural
- natureza preservada e aspectos históricos (tradições, valores, crenças, festas, ritos, costumes) - Programa Nacional de Municipalização do Turismo - Turismo com base local - Cultura turística ecologizada -  Cultura turística - Desenvolvimento sustentável –
O que ensinar
• A relevância de um código de postura para uso e consumo dos espaços de turismo e lazer com vistas à preservação da natureza e do patrimônio cultural dos lugares.
• Os parâmetros de turismo sustentável e insustentável explicando os impactos em nível sociocultural, socioambiental e socioeconômico.
• Leitura de mapas lugares turísticos e de elaboração de mapeamentos turísticos.

Tópico 8. Cultura e natureza
8.1.Identificar e analisar a ação modeladora da cultura sobre a natureza do planeta; 6 a/ 6º ano
8.2.Reconhecer a dinâmica cultural moldada em diferentes paisagens no Brasil e no mundo. 4 a/ 7º ano
Conceituar: - fragmentação - - exclusão de Cultura e Natureza –- problemas ambientais contemporâneos -- sustentabilidade - insustentabilidade –
O que ensinar
• A ação modeladora da cultura sobre a natureza do planeta.
• A sustentabilidade cultural a partir da ótica do respeito à diversidade de conhecimentos, tecnologias e práticas de adaptação do homem ao meio.
• O cotidiano das comunidades tradicionais do Brasil referenciada na cultura do mundo vivido que orienta as relações cultura e natureza.
Leia-o e discuta-o com a turma.
• Representação individual das idéias destacadas do texto "Carta do Cacique Seatle", usando de diversas linguagens, tais como: história em quadrinhos, desenhos, pintura, escultura, charges, colagem de imagens, reconto. Cada aluno deverá escolher dois entre os nove itens apresentados. A apresentação na classe envolverá discussão, avaliação coletiva e exposição dos trabalhos. Ao final, colecionar a produção sob a forma de um livro para ser utilizado como material didático nos próximos anos letivos.
- patrimônio natural.
- uso da água, da vegetação, do solo, do relevo, do clima. 
- florestas, bioma, ecossistema, manejo, impacto ambiental e sustentabilidade.
- desmatamento suas conseqüências.
- florestas tropicais.

Tópico 9. Sociodiversidade
9.1. Compreender o conceito de sociodiversidade das paisagens, identificando-o em sua espacialidade municipal e regional. 6 a/ 7º ano
9.2. Identificar, analisar e avaliar o impacto das transformações culturais nas sociedades tradicionais provocadas pela mudança nos hábitos de consumo. 8 a/ 7º ano
9.3. Identificar em mapas, gráficos e fotos a população brasileira e mundial, em seu crescimento, tendências e distribuição. 6 a/ 7º ano, 4 a/ 8º ano
Conceituar: - sociodiversidade - patrimônio histórico-cultural brasileiro – 170 línguas nativas - - antropólogos
O que ensinar
• A sociodiversidade das paisagens em sua espacialidade municipal e regional.
• Localização, distribuição e freqüência dos grupos sociodiversos no conjunto da população brasileira.
• O impacto das transformações culturais das sociedades tradicionais provocadas pela mudança nos hábitos de consumo.
- festas ( congo - Moçambique - Nossa Senhora do Rosário.
-descrever  a linha do Equador  em seus aspectos relevantes  da paisagem natural e cultural, reconhecendo a biodiversidade e sociodiversidade desse lugar, no Brasil e no mundo.
- Analisar o clima, a vegetação, os solos, as águas relacionando esses elementos à sociodiversidade do Equador.
- Estabelecer relações entre o modo de vida dos povos do Equador, no que se refere  ás tradições, costumes, hábitos e valores.
-  Entender como os povos do Equador  constroem suas identidades  com as paisagens  e as regiões, demarcando sua territorialidade e espacialidade, no Brasil e no mundo
- Compreender a identidade  dos povos da Floresta  e ribeirinhos, problematizando o uso  das unidades de conservação.
- ecossistemas e os biomas, flora, fauna, solo, relevo, solo, clima.
- Saber identificar as zonas térmicas da Terra.
- Ter noção de biodiversidade e sociodiversidade.
- Saber comparar diferentes culturas.
- Ter noção de impactos ambientais, patrimônio ambiental  e  desenvolvimento sustentável.
Eixo Temático II  Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Tema 2 : Patrimônios Ambientais do Território Brasileiro                7º ano
Temas complementares:
• Os sistemas técnicos no cotidiano da sociedade de consumo.
• Identidades territoriais e preservação da memória de um povo: estudos de caso.
• Os sítios arqueológicos do território mineiro e sua territorialização como atratividade turística.
A Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Complementar:VII. Sistemas técnicos
-Identificar em imagens e linguagens diversas os processos contemporâneos que resultam em profundas mudanças no conteúdo técnico do espaço geográfico.
-Reconhecer nos fenômenos espaciais contemporâneos os sistemas técnicos que sinalizam para uma transformação das vivências cotidianas da sociedade de consumo.
Conceituar:
- conjunto de coisas naturais(montanhas, rios, lagos, vales, planícies, florestas, campos)
-espaço geográfico (pontes, viadutos, automóveis, caminhões, aviões, fábricas, tecnopólos, fazendas modernas, portos, estradas de rodagem, estradas de ferro, aeroportos, cidades, telefone celular, notebook ou laptop, biodíesel, clonagem)
- elementos que compõem o mundo da tecnologia atual
- contradições relacionadas ao consumo das tecnologias no mundo atual.
 - Sistemas técnicos - Meio técnico-científico – Revolução tecnológica -
O que ensinar
• Noções e conceitos básicos relacionados aos sistemas técnicos em suas múltiplas temporalidades
• Os processos contemporâneos que resultam em profundas mudanças no conteúdo técnico do espaço geográfico.
• Os sistemas técnicos que sinalizam para uma transformação das vivências cotidianas da sociedade de consumo.
Identificar em imagens e linguagens diversas os processos contemporâneos que resultam em profundas mudanças no conteúdo técnico do espaço geográfico
Reconhecer nos fenômenos espaciais contemporâneos os sistemas técnicos que sinalizam para uma transformação das vivências cotidianas da sociedade de consumo.
Complementar: VIII. Paisagem cultural
-Reconhecer, em dimensão multiescalar, diferentes paisagens culturais distinguindo-as em sua singularidade.
-Ler nas paisagens culturais brasileiras a espacialidade e as múltiplas temporalidades socialmente construídas. 
Conceituar:   paisagem cultural – turismo -  grupo cultural e os processos de produção das paisagens - cultura e grupos culturais - clima e vegetação - Região cultural:   (clima, vegetação, fauna, água, solo) e sociais  ( alimentação, trabalho,  festas, convívio, crenças religiosas) - Região Paisagem cultural – Regionalismo - Cultura 
 O quê ensinar
- As paisagens culturais das regiões montanhosas: a cultura e o relevo demarcando paisagens.
- Paisagens culturais brasileiras: aspectos regionais demarcados pela cultura, como os quilombos e os quilombolas.
-Paisagens culturais brasileiras: a presença indígena.
-O turismo decorrente das paisagens moldadas por diferentes culturas: o modo de vida em suas temporalidades e espacialidades.
- A influência humana(rio represado, atmosfera enfumaçada, a cobertura vegetal original danificada e reconstituída por jardins, pomares, campos arados, muros e cercas. São pistas que ajudam a diagnosticar as culturas, e o que elas fizeram: caminhos e estradas, celeiros, habitações, núcleos de povoamentos, plantas cultivadas, arquitetura, vestuários.
- ocupação do território, remanescentes de quilombos, cultura afro-brasileira (Zumbi, Quilombos, Música, Dança, Arte e História). “Secas no Nordeste”
- paisagens culturais moldadas pelo modo de vida indígena- (elementos culturais como alimentos, música, mitos, etc.).
 - tipos brasileiros e seus ambientes (o pantaneiro, o caiçara, o Caboclo, o seringueiro, o gaúcho, o sertanejo, etc.)
 RA-14 As regiões culturais e as paisagens brasileiras
DESCRITORES: PIP
5.3 Divisão territorial do trabalho, o processo urbano-industrial e as desigualdades socioespaciais
D71 - Reconhecer as transformações socioeconômicas brasileiras a partir do processo de industrialização e urbanização, através de textos, letras de música, charges,histórias em quadrinhos.
D72 - Relacionar a expansão do modo de vida urbano no Brasil com o surgimento e fortalecimento de movimentos sociais (sindicalismo, associação de moradores, movimento estudantil, mulheres, negros), observando fotografias e lendo reportagens
de jornais e revistas.
D73 - Reconhecer as transformações ocorridas no campo brasileiro através da modernização agrícola, utilizando-se de tabelas e gráficos.

4º Bimestre Geografia 7º ano Ensino Fundamental.

Eixo Temático IV Meio Ambiente e Cidadania Planetária
Tema 4 : Ambiente, Tecnologia e Sustentabilidade

Tópico 17. Indústria e meio ambiente
17.2.Identificar e analisar os fatores geoestratégicos que vêm determinando os espaços inteligentes da indústria de alta tecnologia e suas novas exigências socioculturais. 6 a/ 7º ano,  6 a/ 9º ano
Conceituar:- G-7. - capitalismo –- informacionalismo - - reordenamento territorial – - Extração de material de construção civil –Dinâmica hidrológica - Impactos ambientais na mineração –
Impactos ambientais( desmatamento, erosão, assoreamento, poluição visual, das águas, ar, ruído e vibrações e impacto sobre o meio antrópico )Legislação ambiental - 
O que ensinar
• O comportamento das empresas diante da necessidade de utilizar processos ambientalmente mais sustentáveis.
• O uso dos códigos da interpretação geográfica no planejamento e gestão ambiental na indústria extrativa mineral.
• Fatores geo-estratégicos que determinam os espaços inteligentes da indústria de alta tecnologia e suas novas exigências socioculturais.
- Conhecer a espacialidade da cidade e a distribuição da indústria local.
- Conhecer as noções básicas referentes ao setor secundário como: localização, distribuição, produção, matéria-prima, tecnologias, etc
Identificar os tipos de indústria e saber localizá-las no mapa.

Tópico 18. Cidades sustentáveis
18.1.Explicar o significado do Orçamento Participativo, Plano Diretor e o Código de Posturas avaliando as ações de implementação em seu município. 4 a/ 7º ano
18.2.Identificar e explicar os desafios a serem superados no caminho construtivo de cidades sustentáveis.
4 a/ 7º ano
Conceituar:- Agenda 21 - ecocidadania - políticas públicas sustentáveis - Plano Diretor - Código de Postura –Gestão dos Recursos Naturais, Redução das Desigualdades Sociais e Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável.
O que ensinar
As habilidades propostas para o desenvolvimento deste tópico focalizam:
• As características das cidades sustentáveis: educação básica, ambiental e patrimonial planejamento e gestão do uso do solo, monitoramento da qualidade ambiental, mobilização social, preservação do patrimônio cultural e artístico, geração de trabalho e renda, erradicação da fome e da exclusão.
• O significado e as ações de implantação do Orçamento Participativo, Plano Diretor e o Código de Posturas em seu município.
• Os desafios a serem superados no caminho construtivo de cidades sustentáveis.

Tópico 20. Padrão de produção e consumo
20.1.Identificar os padrões de produção e consumo em diversas dimensões escalares avaliando-os sob a ótica da sustentabilidade. 6 a/ 6º ano,  6 a/ 7º ano
Conceituar: Hipótese de Gaia –Aquecimento global –Socioesfera –Sociedade de consumo –Sociedade do desperdício
-problemas ambientais contemporâneos - UNESCO e PNUMD - 
- pluralidade cultural e  etnoconhecimento (sustentabilidade cultural).
- poluição da água, ar, solo; o buraco na camada de ozônio; o aumento dos gases de efeito estufa; as mudanças climáticas; o El Nino e La Nina, ilhas de calor, inversão térmica.
- Ordem Ambiental Internacional, o Protocolo de Kyoto,
O que ensinar
• Os padrões de produção e consumo em diversas dimensões escalares, avaliando-os sob a ótica da sustentabilidade.
• A relação entre padrão de consumo, desequilíbrios dos ecossistemas terrestres e problemas ambientais contemporâneos.
• Os padrões de produção e de consumo que têm tido como modelo um estilo poluidor e consumista.
-Noções de ecossistemas -sustentabilidade - problemas ambientais contemporâneos – sociedades sustentáveis - consumismo., sociedade de consumo.
-Diferenciar as características técnicas dos produtos alimentícios de origem agroecológica daqueles de uma lavoura convencional.
Eixo Temático II  Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Tema 2 : Patrimônios Ambientais do Território Brasileiro                7º ano
Temas complementares:
• Os sistemas técnicos no cotidiano da sociedade de consumo.
• Identidades territoriais e preservação da memória de um povo: estudos de caso.
• Os sítios arqueológicos do território mineiro e sua territorialização como atratividade turística.
A Sociodiversidade das Paisagens e suas Manifestações Espaço- Culturais
Complementar: IX. Sítios arqueológicos
-Descrever as localizações relativas aos sítios arqueológicos tombados pela Unesco no território brasileiro avaliando sua relevância como patrimônio a ser preservado.
-Relacionar a importância de sítios arqueológicos com a preservação da memória e da identidade territorial de um povo.
-Mapear os sítios arqueológicos do território mineiro e avaliar sua territorialização como atratividade turística.
Conceituar:
- sítios arqueológicos - arqueologia mineira/brasileira - patrimônio cultural -- museu - cultura.
- IPHAN - IEPHA/MG - UNESCO
O que ensinar
• Relacionar a importância de sítios arqueológicos com a preservação da memória e da identidade territorial de um povo.
• Mapear os sítios arqueológicos do território mineiro e avaliar sua territorialização como atratividade turística.
• Descrever as localizações relativas aos sítios arqueológicos tombados pela Unesco no território brasileiro avaliando sua relevância como patrimônio a ser preservado.
- potencial turístico - museus a céu aberto -
RA não tem.
Complementar: X. Patrimônio e preservação
- Explicar como o ecoturismo pode ajudar a preservar e ampliar as áreas de proteção ambiental.- Descrever e localizar, no meio urbano e rural do estado de MG, os aspectos relevantes do regionalismo mineiro manifestado em sua sociodiversidade. 4 a/ 7º ano. 
Conceituar: - preservação do patrimônio brasileiro - - preservação dos monumentos e dos sítios históricos - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN – - patrimônio cultural do país - UNESCO - órgão das Nações Unidas para a Ciência, a Educação e a Cultura – ecoturismo.
O que ensinar
• O ecoturismo como possibilidade de promoção da preservação e ampliação de áreas de proteção ambiental.
• O conteúdo cultural e natural do patrimônio e os meios legais para sua preservação.
• A espacialidade e a territorialidade de comunidades que têm referência sobre a importância da preservação do patrimônio de outras que não têm essa referência.
RA-9 Trilha urbana: observando a paisagem urbana e seu patrimônio- Conhecer a espacialidade da cidade e a distribuição do trabalho no comércio.
D74 - Localizar, em mapas, as principais áreas produtoras de trigo, soja, cana-de-açúcar,café, laranja, milho, feijão, arroz ou mandioca.
D75 - Analisar os aspectos positivos e negativos do Proálcool.
D76 - Associar a produção agroindustrial com a expansão da mão-de-obra assalariada no campo (bóia-fria), através de textos, charges e letras de música.
D77 - Compreender, através do uso de mapas, a distribuição das principais áreas de criação bovina, suína e de aves.
D78 - Identificar, a partir de mapas viários, os fluxos de mercadorias e pessoas pelo território brasileiro.
D79 - Avaliar a importância dos portos e aeroportos para a economia brasileira.
D80 - Avaliar a importância do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) na luta pela reforma agrária no Brasil.
D81 - Descrever as desigualdades regionais do Brasil, do ponto de vista socioeconômico ou étnico-cultural, a partir dos dados organizados em tabelas ou mapas. 
D3 - Analisar como diferentes lugares se relacionam a partir da divisão territorial do trabalho.
D5 - Relacionar a interdependência entre as diversas áreas industriais e as produtoras de matérias-primas.
D13 - Reconhecer as transformações provocadas na cidade pelo processo de industrialização, através de charge, letras de música ou poesias.
D14 - Associar a questão da migração campo-cidade no mundo capitalista industrializado com a mecanização do campo, observando uma gravura.
D16 - Compreender o processo de metropolização no Brasil e no mundo.
D19 - Associar o problema da moradia com as transformações da cidade provocadas pelo processo de industrialização.
D20 - Associar o problema da violência urbana com as transformações da vida urbana.
D59 - Reconhecer a necessidade de preservação da biodiversidade da Amazônia.



Um comentário: